Cidade Saúde

Fundação Cristiano Varella o maior complexo oncológico de Minas Gerais

Deputado Federal Misael Varella

Maior complexo oncológico de Minas Gerais e um dos maiores da América Latina, a Fundação Cristiano Varella tem a missão de combater o câncer valorizando a vida. Por esse trabalho, foi reconhecida, em 2020, como uma das 100 melhores ONGs do Brasil. O alcance é imenso: eles atendem a mais de 158 municípios, beneficiando cerca de 2,3 milhões de pessoas.

c="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

São mais de 600 mil atendimentos por ano e pelo menos mil colaboradores em prol de uma causa. Os desafios e as conquistas, claro, também são enormes. Conversamos com o Supervisor de Marketing da instituição, Bruno Lopes da Silva Medeiros sobre o trabalho.

Qual é a história que deu origem à ONG? “Se eu fosse um anjo eu só iria fazer o bem para as pessoas. Eu iria andar a cavalo nas nuvens. Como eu gostaria de ser um anjo”. Essas palavras foram escritas por Cristiano Ferreira Varella em seu caderninho escolar do ano de 1982, quando tinha apenas 10 anos de idade. Mal sabia ele que seus punhos escreviam sobre o futuro, quando de fato se tornaria um anjo a cuidar de todos aqueles que precisam de força, esperança e, acima de tudo, tratamento humanizado contra o câncer.

A jornada de vida de Cristiano foi curta, tendo se encerrado repentinamente de um acidente automobilístico no ano de 1994. Mas, mesmo tão jovem, Cristiano encontrou nos seus 22 anos tempo suficiente para marcar sua família e a todos que com ele conviveram, deixando uma lacuna impossível de ser preenchida.

Ex Deputado Federal Lael Varella e seu filho Deputado Federal Misael Varella .

Lael Vieira Varella, na época político e empresário, foi submetido ao pior pesadelo de um pai, se vendo diante de um abismo de dor e saudade. Mas tirando forças do sofrimento, e amparado pelo eterno amor por seu filho, Lael decidiu criar uma instituição beneficente através dos direitos de herança e aquisições pessoais de Cristiano. Nasceu então, em 1995, o conceito Fundação Cristiano Varella.

Foram oito anos de muito trabalho até que, em 2003, o Hospital do Câncer de Muriaé abriu as portas e começou sua jornada no tratamento e prevenção do câncer. Mas a instituição não trabalha apenas com a saúde, e atua em outras duas vertentes: na comunicação, com estúdios de rádio e TV, através da Rede Atividade, e na cultura, através do Memorial, que além de exibir fixas e temporários, cuida de um acervo próprio de gravuras e da memória institucional da Fundação Cristiano Varella.

About the author

Jornalista Dom Lele Botelho

Leave a Comment